Rita, Rock’n Movies


Festival de Cinema Paulínia 2011 começou com show de Rita Lee




Os cabelos de fogo de Rita Lee poderiam estar nas telas de cinema, mas o destino os colocou nos palcos musicais há mais de 40 anos. “Sempre quis ser atriz, mas sou muito canastrona”, confessou no palco de Paulínia (120km de São Paulo), na abertura do Festival de Cinema, na noite de quinta-feira, 07/07/2011. O show faz parte do projeto, que leva ainda Caetano Veloso, Seu Jorge, Gilberto Gil e Vanessa da Mata até sábado na arena montada ao lado do Theatro Municipal da cidade.


Rita pisou no palco pouco mais de meia noite. Encapotada sobre um frio de expelir fumacinhas pela boca, a compositora aproveitou o escurinho do cinema para revelar sua paixão pelos filmes. “Eu gostaria de estar lá, assistindo Corações Sujos, mas estou aqui cantando para vocês”, disse em tom de brincadeira sobre o filme de Vicente Amorim que acabara de ser exibido no festival.


Rita foi esquentando o clima aos poucos e a plateia correspondeu. O set-list, que incorporou os grandes sucessos de sua carreira, teve ainda versão ritmada de A hard day’s night, dos Beatles, e o número já tradicional de seus shows com o cover de Bad, interpretado pelo sósia de Michael Jackson, Nikki Goulart, que arrancou suspiros inesperados da plateia.


Não faltou, é claro, um bis com a essencial Flagra, com cenas de antigos clássicos do cinema mundial fazendo fundo ao coro dos apaixonados pela sétima arte. Afinal, quando se trata de cinema, a Deborah quer e o Gregory peca!




Por Rubens Vitti Jr para o site Ziriguidum em 08/07/2011.



2 comentários para Rita, Rock’n Movies

  • Yara Schulz

    vovó modo de dizer néah, ela é uma jovem senhora bem interesante! kkkkkkk te amo Rita lee

  • Jéssica Amâncio

    Estava maravilhoso! Durou mais do que eu esperava. A vovó fez nossa noite esquentar demais.
    =)

Escreva um comentário