Entrevista do mês da Marie Claire - Rita Lee: Mostrar a bunda é normal. Envelhecer que é tabu.


Por Guilherme Samora, publicado na revista Marie Claire em março de 2013.

11 comentários para Entrevista do mês da Marie Claire – Rita Lee: “Mostrar a bunda é normal. Envelhecer que é tabu.”

  • ANA PAULA FERREIRA

    A Rita na sua entrevista apresentou ser uma mãe e professora que todos gostariam de ter.

  • Rita sem Foda XD

  • Rita sempre Rita fodástica XD

  • Laerte

    É sempre muito bom saber de você, RITA!
    Sua história sempre esteve, desde que eu nasci, como pano de fundo da minha (ou talvez pano de frente, às vezes). No sucesso ou insucesso, nas loucuras geniais ou nas bad trips, sempre estive contigo (de longe-perto) mas em oração por você.
    Mais do que sofrer ou vibrar por você, te amo profundamente, com a admiração de um homem, de um amigo, de um “pai”, de um defensor, de um cabo-eleitoral: de um fã. LUV U!!!

  • Olhe, veja bem. Vou ler correndo!

  • Rita, Rita Linda, Rita de tantos e de tantas.
    Adoro esta artista maravilhosa.
    Para Rita, tudo que ha de melhor, por tudo que ja nos deu.
    bjs

  • Adorei esta matéria! Adoro a Rita Lee, as músicas são ótimas e ela é uma mulher incrível mesmo. Obrigada!

  • Adoro descobrir novidades sobre a Rita. Gostei da matéria, mas perguntaria muito mais. Sempre torci o nariz para o Roberto de Carvalho. No fundo, era ciúmes. Cara de sorte. Mulher de sorte. Não deve ser fácil estar ao lado de uma mulher talentosa, romântica, apaixonada e porra loca. É muito bom confirmar que os nossos ídolos são de carne e osso como nós. Que são frágeis e precisam de colo também. Pois é Rita, o que aconteceu com o Chorão, aconteceu com a Elis. É foda essa sensação de impotência. Só nos resta acreditar que fatos como esse não acontecerão mais. Que o universo continue a conspirar ao seu favor e que sua luz nunca se apague! Cuide-se bem. Beijos à família Lee Carvalho.

  • E’ muito gratificante ler sua entrevista, compartilhar da sua maturidade e lucidez, que, apesar de dizerem que vc e’ “louca” (pra mim e’ uma qualidade), conheco poucas pessoas tao lucidas! E sempre foi, mesmo na epoca das drogas, nunca perdeu seu humor, sua postura social e sua visao privilegiada do mundo. E tem ao seu lado, um grande homem, uma figura muito ponderada, seu porto seguro, grande Roberto!
    Voce nunca foi marginal, voce e’ humana e muito, uma pessoa que tem uma profissao visada mas que tem a oportunidade de transmitir com muita simplicidade e clareza a trajetoria do ser humano. Rita Lee, obrigada por existir!

  • Flávia

    Entrevista ótima! Adorei!!

  • Gabriel

    Foda!!

Escreva um comentário